domingo, 17 de abril de 2011

A ESTRELA DE DAVI

           A estrela de Davi (chamada de Escudo de David), é um símbolo real, um selo de realeza representativo do reinado de David.
          Quando as nações pagãs iam à guerra, muitas vezes pintavam figuras para inspirar medo aos adversários nos escudos dos seus próprios soldados (tais como dragões, cobras, etc.) No entanto, em Israel, o símbolo é o escudo de David.

          O nome David em hebraico é composto de três letras na seguinte ordem: Dálet-Vav. Dálet. No hebraico antigo, a letra Dálet tinha a forma semelhante a um triângulo com vértice para cima.

          Quando este símbolo foi gerado, não sabemos ao certo, no entanto sabemos que este símbolo é geometricamente construído em forma de estrela com as duas letras Dálet que compunham o nome David (sobrepondo-as, e girando uma das letras em 180o. para que seu vértice se colocasse para baixo). Com o tempo, este símbolo tornou-se símbolo da nação de Israel e do povo judeu, estando presente na própria bandeira de Israel.





          No entanto, há um significado maior na estrela de David, pois muitos afirmam que ela é um símbolo do próprio Messias YESHUA, Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele mesmo diz no livro do (Apocalipse 22:16)









          “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos atestar estas coisas a respeito das igrejas. Eu sou a raiz e o descendente de Davi, a estrela radiosa da manhã.”

O HEXAGRAMA

O hexagrama é formado unindo-se o Triângulo da Água com o Triângulo do Fogo, formando a estrela de seis pontas, também conhecida como Selo de Salomão. Esse símbolo é uma imitação da Estrela de Davi, o símbolo nacional de Israel, o povo escolhido de Deus. A diferença é que esse selo ocultista é formado por dois triângulos entrelaçados, enquanto que, na Estrela de Davi, um triângulo sobrepõe o outro
A autora maçônica Mary Ann Slipper, escrevendo em Symbolism of the Eastern Star [O Simbolismo da Estrela do Oriente], 1927, na página 14, faz a mais reveladora admissão, quando diz, “A estrela de seis pontas é usada na obra maçônica e também é encontrada em outras ordens secretas conhecidas.” Outro livro da Estrela do Oriente, The Second Mile [A Segunda Milha], compreende o impacto do hexagrama quando diz, “… a estrela de seis pontas é um símbolo muito antigo e um dos mais poderosos.”


O hexagrama é realmente um símbolo muito poderoso para os feiticeiros, bruxos e magos! É usado em todas as formas de magia, feitiçaria, ocultismo e nas previsões astrológicas. Como tem seis pontas e contém um
666‘, o hexagrama é considerado um dos símbolos mais poderosos de Satanás. Veja o hexagrama acima. O primeiro seis é formado pelos lados de cada triângulo encontrados no sentido horário; o segundo é formado pelos lados de cada triângulo quando você segue no sentido anti-horário; o terceiro seis é formado pelos lados do hexágono interno.
         
           Dois feiticeiros explicam melhor que o hexagrama era usado como “uma reserva para os mágicos e alquimistas". Os bruxos acreditavam que ele representava a pegada de um tipo especial de demônio chamado ‘trud’ e o usavam em cerimônias tanto para conjurar demônios quanto para mantê-los afastados. Gary Jennings, Black Magic, White Magic[Magia Negra, Magia Branca], Eau Claire, WI, The Dial Press, 1964, pg. 51. Também Harry E. Wedeck, Treasury of Witchcraft (Tesouro da Feitiçaria), Nova York, Philosophical Library, 1961, pg. 135
          Olhe novamente o hexagrama anterior; ele é usado para conjurar demônios, fazê-los aparecer nesta dimensão e cumprir as vontades do feiticeiro. Os símbolos dentro do hexagrama são para esse propósito. O ex-satanista Iluminista Doc Marquis, hoje um cristão nascido de novo, confirma que os hexagramas são usados para conjurar demônios e para lançar encantamentos e maldições sobre uma vítima.

          O hexagrama também é um símbolo do ato sexual e da reprodução. O autor maçônico, Albert G. Mackey oferece-nos a explicação ocultista em seu livro, The Symbolism of Freemasonry [O Simbolismo da Maçonaria, pg. 195, 1869]. O triângulo voltado para baixo “é o símbolo feminino que corresponde ao ‘yoni’ e o triângulo voltado para cima é o homem, o ‘linga’. Quando os dois triângulos estão entrelaçados, representa a união das forças ativa e passiva na natureza; representa os elementos masculinos e femininos.” A mesma explicação aparece em Did You Know? Vignettes in Masonry From a Royal Arch Mason Magazine, Missouri Lodge of Research, 1965, pg. 132, Wes Cook, editor [Nota do tradutor: Linga e Yoni são representações estilizadas dos órgãos genitais masculinos e femininos, respectivamente, em diversos emblemas e amuletos. São considerados símbolos do poder genésico e adorados no hinduísmo.]

          Se você ainda não percebeu isso, o ocultista e o pagão adoram o sexo; na verdade, adoram quase tudo na natureza, cumprindo perfeitamente a definição bíblica do paganismo em (Romanos 1:25)

 “Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura, em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém”.

          Sempre lembro desse verso quando pesquiso a montanha de literatura maçônica, pois ela está absolutamente repleta da veneração por todas as crenças pagãs concebíveis, de todos os tempos e de todos os continentes. Verdadeiramente, Albert Pike, o Grande Comandante da Maçonaria na Jurisdição do Sul dos EUA, estava certo quando afirmou, "A Maçonaria é idêntica aos antigos mistérios".
          Falando sobre a conotação sexual do hexagrama, outro feiticeiro revelou, “Quando o triângulo masculino penetra o triângulo feminino, produz a estrela de seis pontas, o selo de Salomão, ou hexagrama, o símbolo mais maligno da feitiçaria.” David J. Meyer, Dancing With Demons: The Music´s Real Master (Dançando com os Demônios: O Verdadeiro Mestre da Música)

          O hexagrama é o símbolo usado na
Maçonaria do Arco Real. O autor maçônico Wes Cook [op. cit. pg. 132], diz que hexagrama representava “equilíbrio e harmonia” em todas as facetas do mundo. Outra publicação maçônica associa o hexagrama com o infame símbolo chinês do Yang e Yin. ["The Significant Numbers", Short Talk Bulletin, setembro, 1965, vol. 34, número 9, pg. 5]

          Em resumo, o hexagrama é o mais maligno e um dos mais poderosos de todos os símbolos na feitiçaria. É usado para conjurar demônios a esta dimensão, para comunicação com os mortos, para descrever o ato sexual e para representar deuses falsos e pagãos, como Brahma, Vishnu e Shiva. Masonic and Occult Symbols Illustrated (Símbolos Maçônicos e Ocultistas Ilustrados), Dr. Cathy Burns, pg.

DIFERENÇAS

           A Estrela de Davi representa a igreja de Cristo, enquanto o Hexagrama representa a satanás e todo tipo de ocultismo. A diferença entre o “Hexagrama” e a “Estrela de Davi” é que na Estrela de Davi os triângulos são sobrepostos (um passa em cima – dentro – do outro formando uma só figura), enquanto no hexagrama os triângulos são entrelaçados (dois triângulos diferentes que quando entrelaçados – um independente do outro – formam o hexagrama). Exemplos:

    SOBREPOSTOS (Estrela de Davi):
























      ENTRELAÇADOS (Hexagrama):



















                  O desejo mais ardente no meu coração ao escrever essa postagem é acabar de uma vez por todas com qualquer duvida em vossos corações no que tange a ESTRELA DE DAVI. Para que o povo de Deus tenha convicção que essa estrela é um simbolo abençoado, porém como servos de Deus não podemos usá-la como um amuleto que nos trará algum tipo de proteção. Mas não existe problema algum em usá-la em cordões, pulseiras, brincos e etc. Que Deus abençoe a todos


                  Rogando bençãos de YESHUA sobre sua vida pessoal, familiar e ministerial!


        Pr. Bruno Alves

        7 comentários:

        1. Muito bom.Gostei muito,e esclarece muitas dúvidas quanto ao uso do símbolo Estrela de Davi, que aliás acho lindo.

          ResponderExcluir
        2. post muito bom, tirou muitas duvidas sobre esse asunto.

          ResponderExcluir
        3. muito bom,exelente brunão nota 10

          ResponderExcluir
        4. muito bom saber a diferença...
          que Deus continue te abençoando

          ResponderExcluir
        5. Ótimas colocações, ainda mais o fechamento pois muitas pessoas dentro de igrejas tem usado a estrela como um tipo de amuleto. Só para completar o hexagrama tem origens no deserto quando o povo estava saindo do egito, o hexagrama foi colocado na cabeça do bezerro de ouro que o povo construiu depois que o bezerro foi destruído eles passaram a adorar e usar como amuleto a estrela que eles pegaram de um deus egípcio chamado Renfã a uma citação em (Atos 7:43) esse deus ficava no templo de moloque.

          Shalom Adonai e visitem o nosso blog.

          www.devocionaldiaria.blogspot.com

          ResponderExcluir
        6. aprendi muito com o seu artigo pastor! que Deus continue te dando sabedoria e entendimento.. pra nos ajudar a compreender o que vem do Senhor e o que não vem. ficou muito muito bom!

          ResponderExcluir